Você sabe combinar cores e texturas?

Coordenar diferentes tons e desenhos é essencial para colorir a casa com bom gosto. Pode ser uma ótima alternativa para dar mais vida ao seu lar . Ainda mais em tempos de cores vibrantes e ousadia em alta. Mas mesmo com tamanha liberdade é preciso tomar cuidado para não exagerar. Confira as dicas para não errar:

1 – É possível misturar, no mesmo ambiente, mais de uma cor vibrante?
Sim, essa tendência chama-se color block (bloco de cores) e está em alta. No entanto, é preciso ter cuidado para escolher tons que resultarão em uma composição harmônica. A dica é eleger sempre uma cor de destaque, que deve estar em maioria no ambiente, e preencher o espaço com outros detalhes coloridos.

2 – Roxo combina com amarelo?
Sim! O amarelo vai bem com diversas cores, e o roxo é uma delas. Nesse caso, um tom complementa o outro – o amarelo aquece os ambientes, enquanto o roxo é responsável por garantir a harmonia que não pode faltar em um lar.

3 – É uma boa ideia escolher armários coloridos para a cozinha?
Claro, esta é uma sugestão bem-vinda sempre. Cores na cozinha ajudam a dar aconchego, estimular o apetite e trazer personalidade. Além disso, o armário colorido nos remete a um estilo retrô, que está em alta nos projetos de decoração. Vale apostar nas combinações de cinza com amarelo, laranja com azul-marinho e até optar por detalhes vermelhos.

4 – Posso colocar almofadas com estampa xadrez em um sofá listrado?
O mix de estampas veio para ficar. Na decoração essa história não poderia ser diferente. O sofá da sala ficará lindo com uma composição de desenhos, desde que você faça isso em apenas uma peça (nada de usar a mesma solução em outro sofá ou nas poltronas). Também é preciso saber escolher as estampas para que uma não roube a atenção da outra, o que pode deixar o ambiente pesado. Opte por tons complementares, que fiquem harmônicos, como azul-claro com rosa, cinza com amarelo ou rosa e lilás com branco, entre outros.

91q35kds9f1gnm7yir9sx3b575 – Detalhes listrados combinam com estampas florais?
Sim, a regra é a mesma que a do xadrez. Mas redobre a atenção no momento de escolher as cores das estampas, elas devem criar uma composição harmônica.

6 – Se a ideia é pintar o teto com uma cor vibrante, também posso usar uma tinta colorida na parede do mesmo ambiente?
Pode sim, mas muito cuidado na hora de escolher a cor para não ficar muito pesado. Evite cores escuras no teto, pois elas ajudam a achatar o ambiente. Escolha sempre as mais claras, como amarelo e rosa. Nas paredes há uma liberdade maior para criar, mas as cores escolhidas devem estar em sintonia. Evite: vermelho + preto, verde + vermelho, rosa + roxo e azul escuro + verde, entre outras.

7 – No caso de papel de parede, é possível misturar estampas diferentes no mesmo ambiente da casa?
Os mais recomendados são a dupla floral e listrado, xadrez e listrado ou até mesmo poás e listras. Mas não esqueça que o que vale de verdade é a composição de cores. Uma deve sempre complementar a outra e não roubar a atenção.

8 – Caso as paredes de um ambiente sejam pintadas com cores vibrantes, os estofados devem ter, necessariamente, tons mais neutros?
Nada impede que sua parede seja amarela e o sofá azul, por exemplo. Mas o risco de errar é maior. Escolher estofados de tons neutros é uma boa saída para quem deseja complementar o espaço com objetos de decoração e detalhes mais alegres. Se a ideia é não colocar muitos “cacarecos”, fique à vontade para escolher um sofá bem vivo. Tudo depende da proposta inicial do projeto – se é ousar ou ter uma decoração mais clássica.

9 – Qual é a melhor maneira de inserir estampas geométricas sem deixar o ambiente pesado?9e3bddixnjvw73k5g828wzngu
Estas são as estampas mais democráticas na hora de criar uma composição. Seus desenhos se complementam naturalmente e convivem em sintonia. Não tenha medo.

10 – Se o objetivo é ter uma cortina estampada, qual é o desenho mais indicado?

As listras são as melhores opções, pois alongam. Não tenha medo de escolher um sofá xadrez, por exemplo, para colocar no mesmo ambiente. As estampas se complementam e deixarão o projeto descontraído.

11 – A combinação de amarelo com vermelho é bem-vinda na sala de estar?
Muito cuidado nessa hora! Estamos entrando em uma zona de perigo, pois se trata de dois tons quentes, o que pode cansar. A sala é um lugar para receber e ficar um bom tempo conversando com as visitas, então o melhor é escolher apenas um tom vibrante de destaque.

12 – Ter um ambiente monocromático é uma boa pedida?
Nem sempre. O ideal é escolher uma cor de destaque e complementar com outras, desde que elas estejam em pequenos detalhes. Essa solução ajuda a quebrar a sobriedade.

14cjcsq40z7a00uyqmd6pbqrq13 – Fazer uma composição com diferentes estampas em um sofá ou até mesmo em uma parede de azulejos pode ser uma boa opção?
Sim, o patchwork veio para ficar e é uma boa maneira de dar um ar mais jovem e descolado ao ambiente. Procure escolher tons que se harmonizem.

14 – Posso colocar quadros coloridos em um ambiente que já tem tons vibrantes?
No caso dos quadros, a melhor opção é comprá-lo antes de começar a decorar e transportar algumas de suas cores ao projeto. O efeito fica incrível.

15 – Papéis de parede ou azulejos com estampas grandes são bem-vindos?
Sim, mas é preciso atenção nessa etapa. As estampas maiores ficam bem apenas em ambientes amplos e sem muitos móveis. Caso contrário, podem dar a sensação de que o espaço é menor. Também é importante dosar nas cores ao redor, opte por tons neutros em móveis e complementos de decoração.

 

Fonte: http://goo.gl/6Fb66w