Como escolher a cortina

01-Cortinas

 

Quer dar uma cara nova à casa? Que tal começar pela cortina? Sim, ela pode fazer uma grande diferença no visual. Mas a sua escolha não é tão simples quanto parece. Para evitar erros e arrependimentos, confira as dicas:

foto-4-aptocarol17

  • Cortinas de cores claras ajudam a conferir amplitude e leveza.
  • Quem disse que cortina tem que ser clara? As escuras também são bem-vindas e deixam o ambiente mais intimista. No entanto, uma dica para deixar o ambiente ainda leve, pode ser usar um tecido translúcido, como o voil, por exemplo.
  • Cortinas escuras podem desbotar com o contato com o sol. Por isso, é importante escolher um tecido pré-lavado. Para evitar o desbotamento, muitas vezes é necessário contar com um forro atrás da cortina, que pode ser de linho, por exemplo.
  • Uma sugestão é adicionar um toque de cor por meio de xales. Podem ser trocados em cada estação, por exemplo. Podem ser ainda alinhados com as almofadas, fica uma composição linda.

 

foto-7-dsc8765

  • Vale lembrar que os tecidos sintéticos são mais resistentes ao sol, excelentes para uma casa de praia, justamente por ser resistente à maresia e à luz natural.
  • Para ambientes com pé-direito muito alto, uma dica é instalar trilhos motorizados para a cortina acionados por controle remoto.
  • Você pode fazer composições com as cortinas de modelos diferentes, como persianas romanas e cortinas de varão. Além de um efeito visual mais interessante, essa técnica permite o maior controle de luminosidade.

 

foto-8-aptoaclimacao-7

  • Cortina floral confere ar romântico. Lisa ou listrada torna o espaço contemporâneo. Lisa com tecido diferenciado ou com estampa gráfica deixa o visual despojado. Sim, a cortina pode ser estampada, mas essa escolha requer mais cuidados. Fazer tudo estampado, como cortina, sofá e tapete, pode deixar o ambiente cansativo e nada agradável. Tente equilibrar os tecidos: se quiser usar uma cortina mais estampada, aposte num sofá e numa parede mais neutra e use nas almofadas o mesmo tecido das cortinas. Pode ficar uma combinação bem elegante.
  • Para mais privacidade e evitar reflexos na televisão, a sala de TV e os quartos pedem menor luminosidade. Sendo assim, é interessante apostar em um forro para eliminar a claridade. Para essa finalidade, usar um tecido forrado ou mais grosso confere a função de blackout.
  • O varão é um dos suportes mais usados e é bastante prático. Possui um bom acabamento e não precisa de cortineiros e nem de bandôs. O trilho, se estiver embutido no gesso, faz muito bem a função.

Fonte: http://goo.gl/gZylsk